O dia internacional da mulher deve ser pauta o ano todo

O Dia Internacional da Mulher foi estabelecido pela ONU (Organiza√ß√£o das Na√ß√Ķes Unidas) em 1977. A data √© uma maneira de destacar e reconhecer a import√Ęncia e a contribui√ß√£o do sexo feminino para a sociedade.

O 8 de março se reveste de um duplo significado: tanto de celebração das conquistas, como de mobilização para firmar o que foi conquistado e definir novas metas. 

Direito das Mulheres

Uma proje√ß√£o feita pelo F√≥rum Econ√īmico Mundial, em 2018, mostra que ser√£o necess√°rios mais de dois s√©culos para haver igualdade de g√™nero no mercado de trabalho. Em outros segmentos, como educa√ß√£o, sa√ļde e na pol√≠tica, as desigualdades entre homens e mulheres precisar√£o de 108 anos para chegarem ao fim.

Ao longo da história, muitas coisas aconteceram, como:

  • 1827 ‚Äď Meninas s√£o liberadas para frequentarem a escola;¬†
  • 1852¬† – Primeiro jornal feminino;
  • 1879 ‚Äď Mulheres conquistam o direito ao acesso √†s faculdades;¬†
  • 1910 ‚Äď O primeiro partido pol√≠tico feminino √© criado;¬†
  • 1932 ‚Äď Mulheres conquistam o direito ao voto;
  • 1962 ‚Äď Cria√ß√£o do Estatuto da Mulher Casada;¬†
  • 1977 ‚Äď √Č aprovada a Lei do Div√≥rcio;¬†¬†
  • 1979 ‚Äď Direito √† pr√°tica do futebol;¬†
  • 1988 – Primeiro encontro nacional de mulheres negras;
  • 2006 ‚Äď Lei Maria da Penha;¬†
  • 2015 ‚Äď √Č sancionada a Lei do Feminic√≠dio;¬†
  • 2018 ‚Äď A importuna√ß√£o sexual feminina passou a ser considerada crime.¬†

Por que essa pauta deve estar presente durante todo o ano?

Hoje, para cada 100 homens em posi√ß√Ķes de lideran√ßa em todo o mundo, h√° apenas 37 mulheres, mostra artigo da McKinsey. Todavia, uma pesquisa da ONU Mulheres indica que o PIB poderia crescer 26% se mulheres ocupassem mais posi√ß√Ķes de lideran√ßa, em igualdade com os homens. Segundo o jornal El Pa√≠s, 68% das mulheres apontam o preconceito por parte de seus chefes como um impeditivo de assumir cargos de lideran√ßa. A Revista Voc√™ S/A indicou que 34% das mulheres sofreram algum tipo de ass√©dio no trabalho.¬†

Segundo a ONU Mulheres, o dia internacional das mulheres é uma maneira de empoderar as mulheres para participar de todos os setores da economia é essencial para:

  • Construir economias fortes;¬†
  • Estabelecer sociedades mais est√°veis e justas;
  • Atingir os objetivos de desenvolvimento, sustentabilidade e direitos humanos internacionalmente reconhecidos;¬†
  • Melhorar a qualidade de vida para as mulheres, homens, fam√≠lias e comunidades e impulsionar as opera√ß√Ķes e as metas dos neg√≥cios.

Assegurar a perspectiva de g√™nero em pol√≠ticas e opera√ß√Ķes existentes, assim como gerar novas pol√≠ticas e estrat√©gias para a igualdade de g√™nero, requer t√©cnicas, ferramentas e pr√°ticas. O Pacto Global das Na√ß√Ķes Unidas (UNGC) e a ONU Mulheres elaboraram, em um processo consultivo internacional que incluiu v√°rias partes interessadas, uma ‚Äúperspectiva de g√™nero‚ÄĚ por meio da qual os neg√≥cios podem investigar e analisar as atuais iniciativas, metas e pr√°ticas de elabora√ß√£o de relat√≥rios.

No livro Ensinando Pensamento Crítico: Sabedoria Prática, a escritora Bell hooks diz: 

“(…) as hist√≥rias, sobretudo as hist√≥rias pessoais, s√£o uma maneira poderosa de educar, construir uma comunidade na sala de aula.”¬†

A causa feminina em pauta no dia internacional da mulher

Com todas as conquistas ao longo da história e comemoração do dia internacional da mulher, as mulheres ganham cada vez mais espaço, mas isso não significa que a luta chegou ao fim.

Diante disso, √© primordial debater e criar habilidades e compet√™ncias para promover a igualdade entre os sexos e pol√≠ticas p√ļblicas para as mulheres.

A Pós-Graduação em Direito das Mulheres visa proporcionar melhor aprofundamento de todos os temas que envolvem mulheres, seja na seara familiar, política, entre outras, e você pode conferir clicando aqui. 

 

Fonte: ONU Mulheres, UOL Notícias, Nova Escola, Futura.